20 agosto 2005

Acende a luz e para para organizar!!

Salve, Pessoal!

Cansou, torrou, esgotou a paciência. Eu não vou mais traduzir os artigos do Times de Londres sobre a cagada da Scotland Yard no caso Jean Charles de Menezes. Eu não vou mais discutir sobre a Lulambança, a não ser para dizer que, mais uma vez, um elo que deveria ser invstigado, não vai, por causa das "conveniências".

O primeiro caso, foi na época do linchamento político do Collor. Saiu uma pequenina nota, no meio da página que tratava do caso, dando grande destaque às declarações deste e daquele político. A nota dizia que o avião do PC Farias (o famoso "Morcego Negro") tinha feito um último percurso, antes de ficar meses estacionado em Brasília: uma viagem a Santa Cruz della Sierra, Cali e Medelin. Para quem sabia (como eu) que o Collor, no tempo em que era deputado, era conhecido como "Fernandinho do pó", a notícia parecia uma ponta de uma meada que iria dar em conseqüências extraordinárias. Pois bem... Foi a última vez que eu ouvi falar no assunto...

Agora, descobriram que o Valério trabalhou para o PSDB, mais exatamente para o Azeredo e patota, em Minas Gerais. Como é que o PT ficou sabendo do Valério? Mistério... Teoricamente, ele é amigo de longa data do Delúbio... Mas existe um fato que ninguém está querendo remexer: lembram-se por que a Senadora Heloisa Helena foi expulsa do PT (ela e mais dois deputados)? Porque ela se recusou a aceitar o Henrique Meirelles para Diretor do Banco Central. E não foi só porque ele tinha sido um dos Diretores do Banco de Boston: ele era "tucano" de carteirinha! Oficialmente filiado ao PSDB! É, no mínimo, uma coincidência interessante que já deveria ter sido investigada... Mas não vai ser. O mero fato do Pallocci ter sido denunciado como envolvido no caso do assassinato do Celso Daniel fez a Bolsa cair e o dólar subir... Apesar desse envolvimento ser conhecido desde que o Pallocci foi indicado para Minsitro.

Outro assunto que já encheu definitivamente meu saco: tem um monte de gente pedindo que os militares dêm um novo golpe de estado, para "por ordem na casa".

Não funcionou em 1964 e não vai funcionar agora... Primeiro, porque os próprios militares não querem. A grande maioria dos militares jamais esteve ligada ao processo de tomada de decisões, durante o período da "ditadura". Levamos a fama e nenhum proveito. Só se lembram dos "desaparecidos" e dos "exilados" – os soldados e policiais mortos pelos "combatentes da liberdade", alguns executados barbaramente, a porrada, não contam. Só quem matou e torturou foram "os militares" (a sentinela do 5°BI de Lorena, SP, explodido por um carro-bomba, era um "japinha" de dezessete anos, que queria ser professor...). Segundo: para por o que, no lugar? Um bando de generais otários que vai ser, de novo, enrolada pelos economistas e sociólogos. Nenhum general (de qualquer força) atual é tão bobo. Sabe o tamanho da 'batata quente" e não vai por as mãos nela.

O pânico é mau conselheiro. Esse é o título de um tópico na Comunidade Orkut "Questões Militares - Brasil", da autoria deste nada modesto blogger. Nele, eu traço um paralelo entre a cagada feita pela Scotland Yard e o faniquito dos brasileiros. E digo, textualmente: "Quem está disposto a entregar sua liberdade, em troca de sua segurança, tem nome: "Escravo!" O povo brasileiro tem que se conscientizar de que esse bando de corruptos safados foi posto lá por um bando de otários que queria se beneficiar com as promessas que eles fizeram. Toda vítima de "conto do vigário" é um vigarista burro que foi tapeado por um vigarista mais esperto que contou com a ganância do "pato".

Em resumo, Deus não é brasileiro! Se foi, há muito tempo ele cruzou a fronteira pelo Rio Grande e foi viver como "ilegal" nos EUA, ou então, teve seu passe vendido para o Real Madrid. O problema é nosso, do povo inteiro, e a gente tem que resolver com as leis que tem. Se acharem que as leis não estão boas, elejam legisladores decentes... E não quem vai puxar a brasa para a sua (minha, deles) sardinha...

Se (como diz o título deste BLOG) "quem faz, não sabe", trate de aprender a fazer! Chega de arrumar "bodes expiatórios" e dar uma de mulherinha "dona-de-casa": "chama 'o homem' para resolver"... Essa casa tem "homem" (e, eu desconfio de que, a maioria deles, são do sexo feminino) e não precisa "chamar" ninguém, seja de fora, seja de farda...

2 comentários:

Veri disse...

João... te digo q "chamo o homi" quando aparece mariposa... tenho verdadeiro pavor desses bichos marronzinhos e sem noção de direção...rs... Agora, pro resto, eu arrumo tomada, telefone, móveis... homem não tem muita serventia aqui em casa mesmo... e como vc sabe, um dos motivos do caos do meu relacionamento era eu ser o "hominho do casal"... isso cansa a beleza viu... envelheci uns 15 anos nesses 17 meses de namoro... Mas, blz... vc falou aí no post que os militares nao querem nem saber de pegar batata quente... eles estão certos... mas q ia ser bom a cavalaria botando "ordem" em certos tipos de pessoas, ia ser viu...rs... E como EU disse em outro comentário... EU QUERO VER SANGUEEEEEEE!!!...rs... Agora, se o Collor fazia parte do "pó", o Lula faz parte do q?... Do "bagaço" (da cana...rs)?... A gente tá perdido... eu nem ligo mais pra essas coisas...rs.... Beijo!

johnhunor36348973 disse...

I read your blog, and i thought it was rather cool. check out My Blog
Please Click Here to view it

Have a great day.